Solidão

Publicado em Ter 05/02/06 como Comportamento

Este foi mais um feriadão solitário. Foram três ao todo. Na verdade todos os meus finais de semana têm sido assim, solitários. Isto não me deixou triste, afinal de contas, foi uma escolha minha, e de certa forma, tenho encontrado conforto na solidão.

Tenho usado este tempo para refletir sobre as diferenças entre “estar solitário” e “ser solitário”.

Todos nós temos consciência de que o ser humano é um animal social. Existe uma espécie de elo invisível entre as pessoas, é como se elas fossem atraídas umas as outras como imãs. Quando alguém não se ajusta a esta condição, é logo taxado de anti-social ou algo pior. Não vou negar que às vezes sinto vontade de estar com outras pessoas, fazendo algo diferente de trabalhar, porém, muitas são às vezes em que me sinto pouco a vontade cercado delas. Conheço algumas pessoas que enlouquecem quando ficam sozinhas. Quando ficamos sozinhos, não precisamos usar máscaras nem sermos políticos, e talvez seja isto que incomode essas pessoas, pois sabemos exatamente quando estamos mentindo para nós mesmos, e deve ser frustrante não ter alguém por perto pensando que somos diferentes do que realmente somos por dentro.

Por outro lado, ser solitário não tem nada a ver com multidões, ou com a falta delas. A solidão é um estado de espírito. Todo mundo em algum momento da sua vida já se sentiu sozinho, mesmo estando no meio de um grupo de amigos, mas existem algumas pessoas que se sentem sozinhas a vida toda. Não me recordo ao certo quando comecei a me sentir sozinho, mas já tem um bom tempo. Não sei dizer o que causa este sentimento nas demais pessoas, mas acredito ter uma resposta para mim mesmo. Sou solitário porque não aceito os fatos. Certa vez encontrei conforto ao encontrar uma pessoa que como eu, também conhecia as suas origens e do mesmo modo sentia-se deslocada. Mas como solidão pode tornar-se um hábito, cada um seguiu para o seu lado, sozinho.

Talvez eu precise apenas despertar para a vida, mas sem um bom incentivo… Mas como a lei da inércia diz: “todos os corpos são preguiçosos e não desejam modificar seu estado de movimento”, porque seria diferente comigo?


Concordas?

# godzilla escrito em Qua 05/03/06 às 06.49 :

“Nao existe lugar mais solitario que no meio da multidao”.

Isto nao eh soh uma frase de efeito. Na tua casa, vc tem livros, tv a cabo, computador par a chatear (no bom sentido) ou para jogar.

E quando voce esta numa festa, sozinho e o som bombando? Vai puxar o celular e comecar jogar? Ou encarras a solidao ou sai a caça. Problema quando as unicas presas sao as inadequadas

E inercia por inercia, o baladeiro nao sabe o que fazer a nao ser que nao quer ficar parado, quer mais festa. Nem questiona porque. Isto não eh inercia?

# Luciana escrito em Sex 05/05/06 às 07.04 :

Até hoje eu vivo os meus momentos de solidão porque a gente precisa deles. Mas acho que dá para fazer uma mescla! Bjs.

Fechado para comentários

comentários desativados para este artigo