Formigas

Publicado em Qui 06/19/08 como Sociedade

É fato conhecido que sou um nerd declarado e que me orgulho deste estilo de vida. Porém, tem havido um perturbador debate no meu trabalho a respeito disto, justamente em função desta minha declaração. É engraçado ouvir “críticas” quanto ao meu modo de vida, vindo de pessoas que apenas se encaixam em estereótipos, ou seja, são apenas mais do mesmo.

Acabei de ler um texto em que fala algo parecido, mas com enfoque na pressão “invisível” que a sociedade exerce sobre os indivíduos para serem mais do mesmo. É como se mundo fosse composto de vários formigueiros, onde as pessoas são como larvas se desenvolvem e quando estão prontas para o trabalho, são simplesmente colocadas em um fila. Algumas filas são pra cortar folhas, outras pra fazer ronda, outras pra limpar o formigueiro, e outras pra lutar contra formigas de um formigueiro rival, que é composto do mesmo modo.

Ninguém sai da fila, afinal, tu podes te “perder”.

Quando falo que é engraçado ouvir as criticas, é porque pessoas que são fanáticos por futebol me criticam por ser fanático por computadores, pessoas fanáticas por sexo me criticam porque sou fanático por Jornada nas Estrelas, tem também os fanáticos por carros que me criticam por ser fanático por cinema, ah, tem também os fanáticos por ficar embriagados em fins de semana que me criticam por ser fanático por RPG.

Do meu ponto de vista, ser nerd fez de mim uma pessoa bem mais eclética, ou vendo de um outro ponto de vista, com um horizonte muito maior!

Aposto que se a cultura nerd estivesse ligada a um estilo musical, como é o punk ou os hippies, não teria tantas críticas.

PS: acho que o Weezer já resolveu este problema pra nós!


Concordas?

# Débora Gomes de Souza. escrito em Sáb 07/25/09 às 11.43 :

Muito bom. Tipo eu não sou nerd, rsrs… Mais tenho um estilo de vida diferente, acho isso bom, particularmente não gosto de formigueiros! Beijos.

Fechado para comentários

comentários desativados para este artigo